quinta-feira, janeiro 05, 2006

Ano Novo (!) esperança (?) ... fora!!



O ano começou sem esperança e com uma certeza: será pior para todos.
Sim, para todos: também para quem não dá o braço a torcer.
É certo que não dar o dito a torcer também pode doer.
A teimosia é tanta que para não torcer o braço há quem meta a perna, como no futebol.
As melhoras para Portugal e os votos para que esta queda eleve a compreensão acerca de quanto custa ... andar de muletas.
Felizmente que a melhor parte (“a nata”) dos portugueses ainda não beneficia da ADSE.
O “Zé das muletas”, vizinho e amigo de um velho pescador, ficou na fila, esperando a sua vez para tratar as maleitas decorrentes da quadra (não, não era ressaca!) ...
Enfim, em tempos, antes de D. Sebastião, Portugal estava de tanga; os tempos mudaram: agora, para além do fio dental, Portugal anda de muletas ... e já nem nos resta Alcácer que vier!!!
Salve-se Quénia poder ... neste queijo suíço ... de um país em queda (ou será avalanche, de neve??) !!!...
“Haja pás ... e muita calma!”.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home